O FÉNIX E O EMPIRISMO. O CONHECIMENTO PELOS SENTIDOS

“Diz-me e eu esquecerei, ensina-me e eu lembrar-me-ei,  envolve-me e eu aprenderei.” Provérbio chinês   Mais um encontro, mais um dia para pensar juntos! Em equipa nasce a proposta que depressa floresce e dá frutos! Alicerçados no princípio que os alunos aprendem se envolvidos, despertamos a sua motivação. Percebemos que os alunos têm inerente a[…]

Em cada aluno, mora uma pessoa única!

A pessoa humana, cada pessoa, está no centro de toda a actividade educativa: em cada aluno, em cada profissional, em cada idoso com que deparamos mora sempre uma pessoa única, com uma dignidade inalienável e inviolável, que está acima e antes de qualquer enquadramento institucional ou função social. A educação é essa “arte” de promover[…]

Sobre uma Educação para a Cidadania Ativa

  É possível definir algumas orientações para uma Educação para a Cidadania ativa, com incidência nos domínios – institucional e pedagógico: fomentar um ambiente escolar participativo; favorecer o estudo, o reconhecimento e o respeito das diferenças; redefinir as competências dos participantes e os estilos de representação; criar espaços de debate e de discussão; conceber o[…]