November 24, 2015

Apresentação

12191844_960589344048839_8126130915485446593_n-001

Da janela da minha sala de trabalho, durante mais de dez anos, observei os alunos a entrarem e a saírem pelos portões daquela escola.

Em silêncio me perguntava o que poderia fazer para que “aquelas aves ávidas de inquietações e de voo” pudessem, mais tarde, recordar e perceber aquela nossa escola como um “Ninho” acolhedor onde aprenderam, cresceram, brincaram, criaram laços, partilharam afetos e onde o espírito crítico, de iniciativa e a criatividade foram estimulados e desenvolvidos.

Vislumbrava uma Escola onde todos os alunos aprendessem, onde nenhum aluno ficaria para trás.

No entanto, fui constatando que esta ideia de Escola não passava de uma utopia, pois não assumia o seu compromisso de atender a todos. Infelizmente, continuavam-se a replicar as injustiças e desigualdades sociais, agora sob a forma de abandono e reprovações. Os alunos oriundos de famílias mais desfavorecidas e menos sucedidas eram – e são – aqueles que, na maioria das vezes, “perdiam o comboio” da aprendizagem e ficavam pelo caminho, com tudo o que essa vivência acarretava de negativo e de frustração.

Mas eu Acreditava numa Escola onde o Espírito de equipa, a Determinação, a Ambição, a Cumplicidade, o Empreendedorismo, a Equidade e a Justiça permitiriam que cada aluno atingisse o seu máximo potencial.

Então, em 2008, nasceu o Projeto Fénix no Agrupamento de Escolas de Beiriz.

Fruto desta minha reflexão sobre a missão da escola e assente no compromisso de atender a todos, apostei neste Projeto que se alicerça numa nova organização da escola, que passa essencialmente por desarrumar os grupos turma, reequacionar os recursos existentes e operacionalizá-los de modo a que todos os alunos possam receber o máximo que a Escola tem para lhes oferecer, qualificando as aprendizagens de todos na sua transversalidade e fomentando a proximidade entre os professores e os alunos e em que  o trabalho, o rigor e a exigência coabitem com a paciência e a  tolerância.

Desta forma foi amadurecendo uma nova cultura de Escola e hoje cabe às escolas que implementam o Projeto e a todas as outras, esta procura de estratégias e de caminhos que sejam âncoras à aprendizagem, tendo como espaço de excelência a qualificação dessa mesma aprendizagem, na sala de aula, onde o  verbo ensinar  se conjuga na sua plenitude.

Luísa Moreira, Coordenadora Nacional do Projeto FMS – Fénix Mais Sucesso

 


 

Vídeos de Apresentação do Projeto FMS – Fénix Mais Sucesso

FMS – Fénix Mais Sucesso (português)

FMS – Fénix Mais Sucesso (english)